Ainda parece que foi ontem que descobri que andavas a nadar dentro da minha barriguita e já tens sete meses, Bichinho! 

Ainda parece que foi ontem que te senti, pela primeira vez, como uma borboleta a esvoaçar de um lado para o outro, para depois me brindares com os movimentos "estica perna e braço" à John Travolta.

Ainda parece que foi ontem que estava de cócoras na maca do hospital, a chorar e a rir, com a certeza de que te iria finalmente receber nos braços, olhar-te nos olhos, beijar a tua cara, sentir o teu cheiro.

Ainda parece que foi ontem que chorei porque choravas, porque não fazias cocó ou não mamavas como eu achava que devia ser.

Ainda parece que foi ontem que esboçaste o teu primeiro sorriso, as tuas primeiras palavras, que esperneavas de excitação quando chegávamos.

Mas já passaram sete meses... Estás um homem, filho. Já comes sopas com carne, já te ris à gargalhada, já gritas e saltas quando eu canto, já dás as mãos para receber beijinhos e festinhas. Quero tanto que sejas feliz. 

Adoro-te, Bichinho da Mãe. Trouxeste tanta felicidade às nossas vidas! Parabéns!

sinto-me:
publicado por Loja Reaproveitar às 16:19